Últimos dias para se inscrever no concurso da Polícia Civil

Prazo de inscrições segue até o dia 24 de abril; é necessário ter curso superior em Direito e três anos de prática forense

Inscrições para delegado da Polícia Civil terminam no dia 24 de abril
Inscrições para delegado da Polícia Civil terminam no dia 24 de abril
Foto: Reprodução/TV Gazeta

Os interessados em se inscrever no concurso público para delegado da Polícia Civil do Espírito Santo devem ficar atentos. Isso porque o prazo para se inscrever segue até a próxima quarta-feira (24). A oferta é de 33 vagas. O salário inicial é de R$ R$ 10.058,56, com dedicação exclusiva e carga horária de 40 horas semanais.

Candidato é nomeado na Polícia 26 anos depois

O atendimento aos candidatos ocorre no site concursos.institutoacesso.org.br. A taxa de inscrição é de R$ 138,00 e cinco por cento das vagas serão destinadas aos candidatos portadores de deficiência.

A prova objetiva está marcada para o dia 14 de julho. Ao todo, serão 120 questões de múltipla escolha, as quais vão abordar conhecimentos da área de Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Administrativo, Criminologia, Direito Constitucional, Direitos Humanos, Direito Civil, Medicina Legal Judiciária e Legislação Estadual.

Para prosseguir para as etapas seguintes, o candidato deverá obter, no mínimo, 50% de acertos na prova objetiva. Os candidatos farão também prova discursiva; exames de aptidão física, sanidade física e mental e o psicotécnico; prova oral; avaliação de títulos e a comprovação do tempo mínimo de prática forense ou atividade policial; sindicância de vida pregressa e por fim, o curso de formação. Durante o curso de formação, o candidato receberá auxílio financeiro de R$ 5.029,28.

Para participar da seleção o candidato precisa ter curso superior de Bacharel em Direito, comprovar três anos de prática forense após a conclusão do curso de Direito, ou três anos de atividade policial em qualquer instituição de segurança pública prevista no art. 144 da Constituição Federal.

No início do mês, o Ministério Público de Contas (MPC) pediu a suspensão do edital para o concurso público de delegado da Polícia Civil do Espírito Santo. Segundo o órgão, a distribuição de pontos na fase de avaliação de títulos é irregular.

A Polícia Civil informou, por meio de nota, que os questionamentos levantados pelo MPC sobre o concurso para o cargo de delegado foram respondidos na última segunda-feira (8). “Ressalta ainda que em relação à pontuação referente, atribuída à atividade policial, o critério está amparado na Lei Complementar 844/2016. Além disso, outros concursos no país, para o mesmo cargo, já adotaram o critério como Sergipe, Maranhão e Goiás, fora o edital para o concurso de delegado de polícia do Espírito Santo, em 2005. Portanto, informa ainda que o concurso segue normalmente e com inscrições abertas até o próximo dia 24”, diz a nota.