Federação divulga tabela do Capixabão 2019, que começa em fevereiro

Os 10 times se enfrentam na primeira fase. Os oito melhores avançam às quartas e os dois últimos colocados serão rebaixados

Desportiva e Serra ficaram em 1 a 1, pelo Capixabão 2018
Desportiva e Serra ficaram em 1 a 1, pelo Capixabão 2018
Foto: Henrique Montovanelli/Desportiva

A Federação de Futebol do Espírito Santo (FES) divulgou a tabela do Campeonato Capixaba 2019. Diferente do calendário dos estaduais organizado pela CBF, que sugeria o início dos campeonatos pelo Brasil para 19 de janeiro, o futebol profissional no Espírito Santo vai começar apenas no dia 02 de fevereiro.

Isso a pedido dos clubes e acatado pela FES, que inclusive chegou a oferecer três datas de início da competição (26 de janeiro, 02 e 09 de fevereiro). Outra mudança em relação ao Estadual de 2018 é que a segunda fase terá mais clubes. Antes era uma semifinal com quatro equipes, e a partir de 2019 o mata-mata contará com oito times, que se enfrentam em quartas de final, onde os clubes se enfrentam em cruzamento olímpico (1º x 8º, 2º x 7º, etc).

> Rafael Soriano é anunciado no Rio Branco VN: "É um clube organizado"

Primeira rodada de arrepiar

A primeira rodada vai ter a reedição da final deste ano, entre Serra e Real Noroeste. Outra partida cheia de expectativas é a dos "xarás" Rio Branco-ES e Rio Branco VN. Outra decisão recente também será revisitada nesta rodada inicial, pois os finalistas da Copa ES "batem de frente": Vitória x Atlético Itapemirim.

Serra x Real Noroeste
Serra x Real Noroeste
Foto: Adriano Barbosa/Serra

E também haverá um clássico do interior capixaba para abrilhantar a rodada de estreia: Estrela do Norte e o recém-promovido Castelo. E fechando os trabalhos, Tupy e Desportiva Ferroviária, repetem a Copa ES e também se enfrentam logo de cara.

> Artilheiro da Copa ES, volante Ranieri vai reforçar o Rio Branco

Clássicos cheios de expectativa

Os tão esperados duelos entre os times mais tradicionais do nosso futebol foram bem distribuídos pelas rodadas do Capixaba 2019 e vão acontecer em sequência. O primeiro deles acontece logo na 2ª rodada, com o "Duelo Azul-Grená" entre Desportiva Ferroviária e Vitória, no Engenheiro Araripe.

Vitória x Desportiva
Vitória x Desportiva
Foto: Desportiva/Divulgação

Na 3ª rodada acontece o super-clássico entre Rio Branco e Desportiva, no Kleber Andrade. Logo depois, na 4ª rodada, se enfrentam Desportiva e Serra, novamente no Araripe. Na 5ª rodada tem o mais antigo clássico do futebol capixaba: o Vi-Rio, entre Rio Branco e Vitória, no Kleber Andrade. E na 6ª rodada tem Vitória x Serra, no Salvador Costa. Na 7ª rodada, duas forças emergentes medem forças, pois tem o clássico sulino entre Estrela do Norte e Atlético, no Sumaré.

Times da Grande Vitória viajam na última rodada

E a última rodada, marcada para o dia 16 de março, reservou viagens para todos os times da Grande Vitória. Todos atuam fora de casa. A Desportiva vai até Cachoeiro de Itapemirim encarar o Estrela do Norte. Já o Tupy deixa Vila Velha e vai até Itapemirim enfrentar o Galo da Vila.

O Rio Branco viaja até Águia Branca para jogar contra o Real Noroeste. O Vitória deixa a capital e vai até Venda Nova do Imigrante para o duelo contra o Rio Branco VN. E o Serra vai jogar contra o Castelo no Estádio Emílio Nemer.

Regulamento

Os 10 times participantes iniciam no dia 02 de fevereiro a busca por vagas na 2ª fase. Os oito primeiros avançam para as quartas de final, com os dois últimos colocados, na 1ª fase, serão rebaixados.

> Serra sonha com meia Bernardo, ex-Vasco, para disputar o Capixabão

Foi definido em sorteio que Estrela do Norte, Rio Branco, Vitória-ES, Serra e Tupy terão cinco jogos como mandantes. Enquanto que Desportiva Ferroviária, Real Noroeste, Rio Branco VN, Atlético e Castelo terão apenas quatro.

As semifinais e finais do Capixaba 2019 serão disputadas em jogos de ida e volta. Serão ao todo 59 jogos em nove rodadas na 1ª fase e outras seis datas nos mata-matas, totalizando 15 rodadas. O campeão garante as vagas para a Série D do Campeonato Brasileiro e para a Copa do Brasil, ambas em 2020.