Líder de assalto aos Correios no ES é presa em Domingos Martins

Jaqueline da Luz, 32 anos, e outros quatro comparsas foram flagrados pela PM em uma BMW

Jaqueline da Luz estava em uma BMW junto com outros quatro comparsas
Jaqueline da Luz estava em uma BMW junto com outros quatro comparsas
Foto: Divulgação/PM

Cinco suspeitos de praticarem assaltos a agências dos Correios no Espírito Santo foram presos, por volta das 8h desta quarta-feira (11), em Campinho, sede do município de Domingos Martins, na Região Serrana. Um dos detidos é Jaqueline da Luz, 32 anos, que já foi alvo de operação da Polícia Federal por chefiar quadrilhas que praticavam esse tipo de crime.

A ação foi realizada pelos policiais militares da 6ª Companhia Independente. De acordo com o major Renato Cristello, comandante da unidade, a prisão foi efetuada durante uma abordagem de rotina, justamente com o objetivo de evitar crimes contra o patrimônio no local. 

"Eles estavam entrando na cidade. Como temos uma operação de prevenção de crimes a patrimônio, principalmente contra a agência dos Correios, durante uma das abordagens eles foram pegos", afirmou.

O veículo onde os cinco suspeitos estavam era uma BMW e dentro do carro foi encontrado um revólver calibre 38. De acordo com o major, o serviço de inteligência da 6ª Companhia Independente, após as prisões, identificou que o objetivo do grupo seria assaltar, novamente, a agência dos Correios da cidade.

"O serviço de inteligência descobriu que eles assaltariam a agência assim que eles abrissem. Descobrimos depois das abordagens, nas apurações que começamos a fazer. Inclusive, um dos detidos foi identificado como participante do assalto que tivemos aos Correios daqui no início do ano", ressaltou Cristello.

Durante a abordagem os suspeitos negaram participação em crimes e a intenção de cometer qualquer roubo. Todos serão encaminhados à sede da Polícia Federal em São Torquato, Vila Velha. As identificações dos outros suspeitos que estavam com Jaqueline ainda não foram fornecidas pela PM.

OPERAÇÃO GODMOTHER

No dia 23 de agosto do ano passado a Polícia Federal realizou uma operação contra quadrilhas que assaltavam agências dos Correios no Estado, denominada Godmother. O nome, que significa madrinha, foi dado justamente pelo fato do principal alvo ser Jaqueline da Luz, apontada como mentora dos crimes.

Os policiais foram até a casa onde a suspeita residia, mas ela não foi localizada na ocasião. Na mesma operação, dois assaltantes foram presos. 

Jaqueline é moradora do bairro de Jabaeté, na Grande Terra Vermelha, em Vila Velha. Durante as investigações dos crimes contra os Correios em 2017, a Polícia Federal identificou a ligação dessa mulher com a grande maioria dos criminosos.

As investigações comprovaram que Jaqueline tinha posição de comando na quadrilha, sendo respeitada pelos assaltantes, oferecendo hospedagem, logística (veículos) e facilitando a obtenção de armas, além de apresentar criminosos que não se conheciam anteriormente.

Além disso, ela teria participado diretamente dos roubos às agências de Viana e Venda Nova do Imigrante nos meses de fevereiro e março de 2017, tendo providenciado veículos para os crimes e permanecido do lado de fora das agências, vigiando o local e se comunicando com os criminosos por telefone celular.

A quadrilha age rendendo os funcionários e clientes dos Correios com o intuito de aguardar o mecanismo de retardo do cofre para abri-lo. Nestes dois crimes nos quais a criminosa participou ativamente, estima-se que foram roubados R$ 230 mil, além do prejuízo causado pelo abalo psicológico aos funcionários e clientes vítimas do crime, bem como os dias em que as agências permanecem sem atendimento ao público até recuperar a condição de funcionar adequadamente.