Caçadores armados são presos na Reserva Biológica de Sooretama

Os três suspeitos foram detidos em flagrante pela Polícia Militar Ambiental com armas, munições, facão e redes para caça. Um dos acusados já havia sido preso pelo mesmo crime em 2011

Armas e munições apreendidas com três caçadores na Reserva Biológica de Sooretama
Armas e munições apreendidas com três caçadores na Reserva Biológica de Sooretama
Foto: Divulgação/Polícia Militar

Três caçadores armados foram presos em flagrante pela Polícia Militar Ambiental na noite desta quarta-feira (05), na Reserva Biológica de Sooretama, região Norte do Estado. Com os suspeitos foram apreendidos diversos materiais para caça, como armas, munições, facão e redes.

Segundo a PM, o fato aconteceu na comunidade do Estivado, em Jaguaré. O vigilante de uma empresa privada trabalhava na região e viu um veículo suspeito escondido no meio de um cafezal e acionou a Polícia Militar Ambiental. Na saída da trilha, os acusados foram abordados pelos militares.

Com os indivíduos foram apreendidos dois rifles calibre 22 (um com silenciador e outro com equipamento de mira), uma espingarda calibre 40, 19 munições calibre 22, seis munições calibre 40, três lanternas, um canivete, um facão e três redes para espera.

Por conta do flagrante, o chefe da Reserva também foi acionado e lavrou multa administrativa de R$ 1.000 para cada um dos infratores, por entrarem em Unidade de Conservação com armas de fogo e apetrechos para caça.

Ainda de acordo com a PM, um dos detidos era reincidente no crime de caça, ocorrido em 2011. Os três suspeitos e todo o material apreendido foram encaminhados para a 18ª Delegacia Regional de São Mateus.

A Polícia Civil informou que Heloino da Silva Carvalho, Marcelo Cerqueira Bravo e Santo Bravo Júnior foram autuados em flagrante no artigo 52 da lei 9.605/98 e artigo 14 da lei 10.826/03 e foram encaminhados para audiência de custódia.