Homem mata mulher a facadas em Pancas por desconfiar de traição

Crime aconteceu na noite desta sexta-feira (12). Fagner Fernandes Pinto foi preso em flagrante após assassinar Rosângela Vieira da Silva e confessou o crime

Fagner Fernandes Pinto foi preso em flagrante acusado de feminicídio
Fagner Fernandes Pinto foi preso em flagrante acusado de feminicídio
Foto: 8º Batalhão da Polícia Militar

Uma mulher de 31 anos foi assassinada a facadas na noite desta sexta-feira (12), no distrito de Vila Verde, em Pancas, na região Noroeste do Estado. Rosângela Vieira da Silva, de 31 anos, morreu na hora. O marido da vítima, Fagner Fernandes Pinto, 35, foi preso em flagrante e confessou o crime. Ele alegou que matou a mulher porque estava sendo traído.

Rosângela Vieira da Silva foi assassinada a facadas em Pancas
Rosângela Vieira da Silva foi assassinada a facadas em Pancas
Foto: Reprodução/Facebook

Segundo a Polícia Militar, uma viatura esteve no local do crime depois de uma denúncia, mas a vítima já estava morta. Populares apontaram o marido de Rosângela como o autor do assassinato.

Outra guarnição fez buscas pela região e encontrou o acusado em uma motocicleta, em Córrego Boa Vista. Aos policiais, Fagner confessou que matou a mulher. Ele alegou que esfaqueou a vítima porque havia sido traído por ela. O suspeito recebeu voz de prisão e foi conduzido à 15ª Delegacia Regional de Colatina.

A Polícia Civil informou que o acusado foi autuado em flagrante por feminicídio e foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Colatina.

Após a perícia da Polícia Civil, o corpo de Rosângela foi levado para o Serviço Médico Legal (SML) de Colatina.