Menina que estava desaparecida é encontrada morta em Colatina

O corpo estava em uma cova rasa e foi reconhecido pela mãe da menina; havia sinais de violência e o corpo foi encaminhado ao SML

Foto: Brunela Alves | Arquivo | Gazeta Online

O que foi registrado inicialmente apenas como um desaparecimento sofreu uma reviravolta nesta segunda-feira (20), quando o corpo de uma adolescente foi encontrado enterrado em cova rasa, no bairro Vicente Soela III, em Colatina, no Noroeste do Estado. De acordo com o reconhecimento da mãe no próprio local, o cadáver seria da filha, que estava desaparecida desde sábado (18).

Segundo informações fornecidas pela Polícia Militar, um vaqueiro que inspecionava a propriedade teria visto o buraco e achado que era um animal. Ao passar o pé sobre o local, porém, percebeu que se tratava de um corpo humano e acionou a PM, por volta das 13h. A perícia da Polícia Civil encaminhou o corpo ao Serviço Médico Legal (SML) de Colatina.

Ainda de acordo com a PM, o corpo da adolescente apresentava sinais de violência. Devido à escala incompleta do SML nesta segunda-feira (20), na qual não havia um auxiliar de perícia médica legal, o exame necroscópico, que poderá confirmar a identidade da vítima, deve ser realizado apenas nesta terça-feira (21).

No último domingo (19), o pai de uma menina de 14 anos havia registrado o desaparecimento da filha, na 15ª Delegacia Regional, em Colatina. Segundo consta no Boletim Unificado (BU), a adolescente teria saído da casa onde mora para buscar a pensão alimentícia com ele, no sábado, mas não apareceu.