Policial reage a tentativa de assalto e troca tiros com bandidos

Criminosos fugiram e ninguém ficou ferido. O militar foi abordado quando chegava em casa, no bairro São Francisco, em Cariacica, na noite dessa quinta-feira (23)

Casas da rua do bairro São Francisco, em Cariacica, ficaram com marcas de tiro
Casas da rua do bairro São Francisco, em Cariacica, ficaram com marcas de tiro
Foto: Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Um soldado da Polícia Militar de 27 anos reagiu a uma tentativa de assalto e trocou tiros com um bandido, por volta das 19h30 desta quinta-feira (23), no bairro São Francisco, em Cariacica. Ele chegava em casa com a sogra e esposa, uma professora de 31 anos, quando a família foi surpreendida por dois assaltantes armados.

Era a esposa do policial quem dirigia o carro, um HB20 branco. O militar contou que ele a sogra desceram do veículo e entraram para casa, com a intenção de guardar os cachorros da família que ficam soltos na garagem.

> Universitário é baleado durante tentativa de assalto em Cariacica

A professora permaneceu aguardando do lado de fora, dentro do carro.  Foi neste instante (veja o vídeo abaixo) que os bandidos chegaram. Ela contou que viu os dois homens andando pela rua, mas só desconfiou deles quando se aproximaram do veículo e ela viu que estavam armados.

"Fui colocar os cachorros dentro de casa, para eles não fugirem para a rua. Eles chegaram e apontaram a arma para mim dizendo: ‘perdeu, perdeu, vem, vem’. Aproveitei que o cachorro estava no meu colo, saquei a arma sem ele perceber e eu reagi”, contou o policial.

Após a reação do militar, os dois criminosos fizeram disparos. Nesse momento, a professora ainda tentou dar uma ré com o HB20. Assustados, os criminosos fugiram pela rua atirando.

 O PM suspeita que além dos dois homens, um terceiro cúmplice dava cobertura a ação criminosa. O militar contou, ainda, que pensou no momento certo para agir. “Foi um susto grande. Quando eles me renderam, procurei o momento certo de reagir para que eles não percebessem antes que eu era um policial. Poderia ter sido bem pior, eles saíram atirando no meio da rua, sem direção, perigoso até acertar alguém. Vendo as imagens, quase que o próprio bandido acertou o comparsa dele”, disse. 

Para o policial, os assaltantes não imaginavam que ele estava armado. Ele conta que reagiu no impulso de proteger a própria vida e a vida da família dele. “Sou policial há cinco anos e antes de ser PM eu cheguei a ser assaltado, mas eu nunca tinha reagido ou passado por nada parecido. Essa região que moramos não costuma ter assalto com frequência, mas infelizmente está perigoso em qualquer lugar hoje em dia”, lamentou.

Os tiros acertaram o portão da casa de uma vizinha do policial. Ninguém se feriu. A Polícia Militar informou que fez buscas pela região, mas nenhum suspeito foi localizado.