Novo vídeo mostra bandidos que mataram jovem em supermercado na Serra

Ketelin Costa foi morta com um tiro na nuca, bairro Jardim Juara, no último sábado (15). A polícia pede ajuda à população para encontrar os criminosos

Nas imagens é possível ver os dois criminosos fugindo após o crime
Nas imagens é possível ver os dois criminosos fugindo após o crime
Foto: Reprodução | Polícia Civil

Novos vídeos divulgados pela Secretaria de Segurança Pública (Sesp), na tarde desta segunda-feira (17), mostram os criminosos que foram responsáveis pelo assassinato da estudante Ketelin Costa Sampaio, de 16 anos, morta durante um assalto a supermercado no Bairro Jardim Juara, na Serra, na noite do último sábado (15). 

No momento do crime, um dos bandidos estava com uma camiseta cinza, com um boné branco - com detalhes preto. Já o outro criminoso estava de blusa branca, de calça jeans e um capuz na cabeça. A dupla fugiu e até a publicação desta matéria não havia sido localizada pela polícia. 

VÍDEO

A Polícia Civil pede ajuda para que os assassinos sejam encontrados. Denúncias que podem auxiliar no trabalho da polícia podem ser feitas por meio do Disque-Denúncia 181. O sigilo e o anonimato são garantidos. 

Na imagem é possível ver um dos bandidos
Na imagem é possível ver um dos bandidos
Foto: Reprodução | Polícia Civil

O CRIME

De acordo com investigadores do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), era por volta das 21h quando Ketelin foi ao supermercado com um casal de padrinhos. A vítima, que era moradora de São Diogo, também na Serra, foi ao bairro unicamente para acompanhar os padrinhos nas compras.

> Ladrões invadem escola e roubam o estoque da merenda dos alunos no Caparaó

Havia cerca de oito pessoas - sendo seis clientes e os proprietários, além do filho deles, de 12 anos - dentro do estabelecimento, que fica na Rua Sofia Sampaio, quando dois criminosos entraram, um deles armado e com capuz no rosto.

Ketelin Costa foi morta com um tiro na nuca
Ketelin Costa foi morta com um tiro na nuca
Foto: Reprodução

O bandido armado anunciou o assalto e exigiu os celulares das pessoas que estavam no supermercado. As vítimas não reagiram e entregaram os aparelhos. Enquanto o homem de capuz rendia as pessoas apontando a arma para elas, o comparsa ia recolhendo os celulares e cerca de R$ 150 do caixa.

A dona do estabelecimento, que estava nos fundos do supermercado, foi para a área da frente quando se deparou com a cena do assalto. Assustada, ela retornou para os fundos do comércio. Foi quando o criminoso armado perguntou: "Ela correu?"

As vítimas então disseram que ela apenas tinha voltado para parte de trás. Nesse momento, o criminoso atirou na direção das pessoas e o tiro acabou acertando a adolescente de 16 anos que, muito nervosa, estava sendo amparada por um outro cliente. Ketelin foi baleada exatamente na hora em que ficou de costas e pediu para que um cliente abraçasse ela.

A adolescente morreu na hora. Os clientes entraram em desespero e os bandidos fugiram a pé pelas ruas do bairro.

MORADORES EM CHOQUE

A reportagem do Gazeta Online esteve no bairro onde o crime aconteceu e os moradores estão em choque com a situação. Eles contaram que os padrinhos da vítima são moradores da região e conhecidos por vender marmita, e que a estudante de 16 anos estava no bairro para ajudar na produção da comida.

COMERCIANTE DIZ QUE JÁ FOI AMEAÇADO

O comerciante Nilton César Rezende, de 36 anos, contou que assaltos a comércios da região são constantes. Ele foi vítima de criminosos há cerca de um mês atrás e decidiu colocar grades no comércio dele. Com isso, as vendas caíram 50%, já que muitos clientes acabam não entrando quando o estabelecimento está todo gradeado. Mas, segundo Nilton, foi a forma que ele encontrou de ter um pouco mais de segurança.