Homem é espancado e perde movimento das pernas e dos braços em Aracruz

Vítima de 59 anos foi agredida durante uma discussão no bairro Bela Vista. O homem foi socorrido pelos bombeiros e levado ao hospital

Delegacia de Aracruz
Delegacia de Aracruz
Foto: Divulgação | Polícia Civil | Arquivo

Um homem de 59 anos foi espancado em uma briga, no bairro Bela Vista, em Aracruz, Região Norte do Estado. O crime aconteceu na manhã de domingo (18), na Rua Felisberto Modenesi. As agressões foram tão fortes que a vítima chegou a perder o movimento das pernas e dos braços e precisou ser socorrida e levada ao hospital.

Segundo a Polícia Militar, testemunhas contaram que o homem e o suspeito tiveram um desentendimento e a vítima tentou agredir o homem. No entanto, o acusado reagiu e passou a espancar a vítima. A sessão de espancamento continuou mesmo depois que a vítima caiu no chão.

> Acusado de sequestrar casal e causar morte de jovem é julgado em Aracruz

Neste momento, populares começaram a se aglomerar e o agressor fugiu. Buscas foram realizadas, mas os militares não encontraram o suspeito.

O Corpo de Bombeiros esteve no local e socorreu a vítima, que foi levada a um Pronto-Atendimento da região. Os policiais foram ao PA para verificar a situação. A equipe médica informou que o paciente estava em observação médica e, após o primeiro atendimento, ele não apresentava escoriações ou vermelhidões visíveis, mas estava sem os movimentos nos braços e nas pernas.

> Incêndio atinge plantação de eucalipto em área indígena de Aracruz

Ainda de acordo com a PM, mais tarde os militares receberam a informação de que o agressor morava no bairro Santa Rosa. Os policiais fizeram um novo patrulhamento e localizaram o acusado nas proximidades da Rodoviária de Aracruz.

O suspeito foi abordado e conduzido à 13ª Delegacia Regional de Aracruz. Em nota, a Polícia Civil informou que Eliandro de Castro Dortis foi autuado em flagrante por lesão corporal grave e encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Aracruz.