Homem invade padaria, fere balconista e diz que pão está envenenado

"Ele estava completamente desnorteado. Se tivesse pegado um pouco mais perto do meu pescoço, eu poderia ter morrido. Foi um milagre", diz a balconista

Balconista é ferida por homem em padaria na Serra - 18/08/2019
Balconista é ferida por homem em padaria na Serra - 18/08/2019
Foto: Iara Diniz

Um homem de 41 anos invadiu uma padaria no bairro Eurico Salles, na Serra, e levou clientes ao pânico na manhã deste domingo (18). Ele entrou no local arremessando um facão, que atingiu uma balconista, 46 anos. A mulher estava no caixa e ficou ferida no ombro.

Ele estava completamente desnorteado. Se tivesse pegado um pouco mais perto do meu pescoço, eu poderia ter morrido. Foi um milagre
Balconista ferida

Depois disso, o homem quebrou dois monitores de computador e jogou alimentos e pacotes de comida no chão. A situação causou pânico entre os clientes, que começaram a correr. Aproximadamente 10 pessoas estavam na padaria.

"Foi um desespero enorme, todo mundo com medo, sem saber o que estava acontecendo. Uma cliente foi pular a janela e até quebrou o braço", contou a balconista. 

Após a confusão, o homem fugiu. Um policial militar à paisana, que estava chegando ao local para comprar pão, correu atrás dele e conseguiu detê-lo até a chegada da Polícia Militar. O homem foi encaminhado a Delegacia Regional da Serra.

Facas usadas por homem que invadiu padaria na Serra
Facas usadas por homem que invadiu padaria na Serra
Foto: Divulgação/PM

PÃO ENVENENADO

De acordo com informações da polícia, o homem estava bem alterado e alegou que a padaria vendia pão envenenado. O dono da padaria, 50 anos, negou a informação e disse que não sabe o que levou o homem a reagir desta forma. 

"Ele quebrou várias coisas, me causou um prejuízo enorme. Ninguém sabe porque ele fez isso. As meninas disseram que ele já entrou gritando que ia matar todo mundo e arremessando o facão", contou. 

A balconista foi encaminhada para um hospital, mas já recebeu alta e passa bem.

Procurada, a Polícia Civil informou que o conduzido Lázaro André Vieira De Oliveira foi autuado em flagrante pelos crimes de lesão corporal, dano qualificado e porte ilegal de arma branca. Ele foi encaminhado ao Centro de Triagem de Viana.