Homem morto em acidente comemoraria primeiro Dia dos Pais com a filha

"Há três meses, vim morar em Cariacica e, desde então, passamos a nos aproximar e conviver", diz a filha, Ingrid Lucas Vindouro, que ajudou a liberar o corpo do pai no DML

Adão Arcanjo Vindouro morreu em acidente na Rodovia do Contorno por causa de fio que estava caído na pista
Adão Arcanjo Vindouro morreu em acidente na Rodovia do Contorno por causa de fio que estava caído na pista
Foto: Reprodução/Facebook

O piloto da moto que morreu ao atingir um fio de energia atravessado na Rodovia do Contorno, na BR 101, comemoraria o primeiro dia dos pais com a única filha.

O auxiliar de serviços gerais Adão Arcanjo Vindouro, 43 anos, e a esposa dele, a manicure Karina Machado Vindouro, 31, estavam em uma Honda CG 150 de cor vermelha e seguiam de Vista da Serra, na Serra, para um churrasco em família para celebrar o Dia dos Pais, em Viana.

>Casal morre em acidente na Rodovia do Contorno a caminho de churrasco

Primeiro, Adão iria à casa do irmão, em Marcílio de Noronha, depois seguiria para a casa da filha, a dona de casa Ingrid Lucas Vindouro, 21 anos, onde passaria noite e comemoraria o primeiro Dia dos Pais com ela.

“Ele e minha mãe se separaram quando eu tinha apenas dois anos de idade. Continuei morando em Ecoporanga e meu pai foi morar na Serra. Raramente nos víamos. Há três meses, vim morar em Cariacica e, desde então, passamos a nos aproximar e conviver. Seria o primeiro Dia dos Pais que passaríamos juntos”, contou Ingrid.

Ela contou que tinha pouco contato com o pai durante anos e que estava feliz em poder reatar os laços. “Era uma segunda chance pra gente, estávamos nos conhecendo. Ele estava no lugar errado e na hora errada. Neste domingo, Dia dos Pais, iríamos fazer um churrasco para comemorar”, lembrou.

Ingrid ajudou na liberação do corpo do pai, que será velado em Ecoporanga, Norte do Estado.

Karina e Adão seguiam para um churrasco em Viana
Karina e Adão seguiam para um churrasco em Viana
Foto: Reprodução

O ACIDENTE

A moto onde estava o pai de Ingrid e a madrasta dela atingiu um cabo de telefonia que estava atravessado entre as pistas no trecho da BR 101 conhecido como Rodovia do Contorno, em André Carloni, na Serra, na noite deste sábado (10). O fio caiu após uma caminhonete, que seguia no sentido contrário, bater em um poste.

A reportagem procurou a Polícia Rodoviária Federal (PRF), que esteve no local do acidente, mas que não informou informou sobre qual a dinâmica do acidente envolvendo a caminhonete Hillux. Foi informado que o condutor, que não teve o nome divulgado pela PRF, realizou o teste do bafômetro e que deu negativo. O motorista foi conduzido para a Delegacia Regional de Serra.