O perfume é a marca: conheça quem não abre mão de suas fragrâncias

Para algumas pessoas, o perfume é mais do que uma fragrância: transforma-se em uma marca registrada, uma extensão da nossa personalidade

Precedendo o nosso chegar, o perfume é mais do que um cheiro que optamos por estar conosco. É uma marca registrada, extensão da nossa personalidade e nossa identidade olfativa. Por esse motivo, muitas pessoas optam por usar sempre a mesma fragrância. Esse é o caso da empresária Mayka Schneider, 37 anos, que após ter a fabricação do seu perfume favorito da juventude cancelada, permitiu-se se apaixonar novamente por outro.

Durante toda a sua adolescência e início da juventude, dos 14 aos 21 anos, ela usou o perfume feminino Lou Lou (Cacharel). Contudo, ele parou de ser fabricado e ela precisou optar pelo Hypnotic Poison (Dior), fragrância que usa há mais de 16 anos.

> Iza vai lançar batom exclusivo em parceria com marca de maquiagem

“Senti o cheiro do Hypnotic Poison pela primeira vez em uma amiga que estava voltando de um intercâmbio e decidi que, se precisasse mudar de perfume um dia, seria para ele. Quando o Lou Lou parou de ser fabricado, eu não tive dúvidas de que ele seria o próximo”, lembra.

Passado um tempo, o seu queridinho da adolescência voltou a ser fabricado, mas não havia mais sentido ser trocado pelo novo. “Eu estava em nova fase. O Lou Lou desperta aquela memória afetiva de adolescência, da escola. Outros tempos. Mas hoje o Hypnotic é a mãe, a empresária, a esposa. Me sinto mais mulher com ele”, assegura.

Alessandra Carvalho
Alessandra Carvalho
Foto: Ricardo Medeiros

PERSONALIDADE

A personalidade é algo também traduzido pela fragrância escolhida pela empresária Alessandra Carvalho, 41 anos. Há mais de 10 anos, ganhou o primeiro frasco do Polo Black (Ralph Lauren) de presente do marido e, desde então, não abandonou o cheiro.

“Esse perfume me faz me sentir mais eu, por ter uma fragrância forte. Traz à tona o quanto eu sou determinada e decidida. Além disso, tem uma ótima fixação e o meu marido adora (risos)”, ressalta.

 Maria da Penha Reis Jacob
Maria da Penha Reis Jacob
Foto: Divulgação

ESTILO

Já a empresária Maria da Penha Reis Jacob, 48 anos, tem dois queridinhos: Euphoria (Calvin Klein) para o dia e Guilty Intense (Gucci) para a noite e os usa há mais de 10 anos.

“Acredito que o meu perfume faça parte do meu estilo. De dia, quando quero um look mais ‘suave’, opto pelo Euphoria. Já à noite, quando quero ‘causar’ mais (risos) eu uso um Guilty, porque acho ele mais marcante, me dá mais ‘presença’”, analisa.

Ela ressalta que os perfumes também são a sua marca registrada. "Sou sempre lembrada pelos meus cheiros, se tornaram parte do meu estilo e identidade", acredita.